Inscreva-se: Posts | Comments

leader

Jato de tinta ou laser? Monocromática ou colorida?

Comentários desativados
Jato de tinta ou laser? Monocromática ou colorida?

Jato de tinta ou laser? Monocromática ou colorida? PC WORLD ajuda você a identificar a tecnologia que melhor se encaixa às suas necessidades

Comparadas aos gadgets mais avançados, as confiáveis (e às vezes empoeiradas) impressoras não têm glamour algum. Ainda assim, esses periféricos permanecem imprescindíveis para um grande número de pessoas. E escolher o melhor modelo na hora de comprar o equipamento sempre é um dilema.

Para a maior parte das pessoas, escolher uma impressora envolve descobrir o equilíbrio entre a questão do preço, velocidade e qualidade de impressão. Você encontrará aqui as informações essenciais que vão orientá-lo no processo de compra da impressora mais adequado ao seu bolso e necessidades. As informações estão distribuídas em três grupos, de acordo com a tecnologia empregada: a jato de tinta (inkjet), a laser monocromática e a laser colorida. As impressoras a jato de tinta, como as câmeras digitais, mudaram a forma como imprimimos fotografias. Utilizadas com papel e tinta especiais, esses equipamentos permitem imprimir fotos com qualidade bem próxima ao que se obtém em laboratórios fotográficos. Já nas impressoras a laser monocromáticas, a impressão de textos é tão boa e uniforme, que diferenciar os modelos a partir desse quesito impossível.

Por essa razão, funcionalidades extras e acessórias acabam se tornando os maiores atrativos. Entra na conta itens como bandeja extra de alimentação de papel, capacidade de memória e de conectividade em rede, etc.

Jato de tinta versus impressoras a laser 

Antes de optar por uma ou outra tecnologia, pense seriamente no que você vai imprimir e com que freqüência fará isso. Se o que você mais imprime são textos, tais como cartas e outros documentos típicos de um escritório (ou trabalhos escolares), uma impressora a laser é a melhor pedida. Elas são rápidas e produzem resultados muito bons a um baixo custo por página impressa.

Caso os documentos contenham imagens ou gráficos coloridos, pense em uma impressora a laser colorida. O preço desses periféricos vem caindo e já cabem no orçamento de muitas empresas de pequeno e médio porte. Elas têm a vantagem de imprimir documentos em preto a um preço muito próximo ao das laser monocromáticas. A impressão de fotos e documentos que mesclam texto e figuras, também costuma agradar.

Já a melhor qualidade de impressão de fotos é obtida com as inkjets. E, nesse caso, a escolha se torna mais complicada se você imprime documentos que misturam imagens e texto. Para quem imprime fotos digitais e documentos para uso pessoal, uma impressora a jato de tinta reúne as características necessárias, tanto de qualidade quanto de velocidade.  Contudo, será necessária uma variedade de papéis específica para esse fim e usar as diversas configurações disponíveis no equipamento. Modelos com mais de uma entrada de alimentação evitam a troca constante de papel a cada tipo de impressão diferente que se fizer.

Os fabricantes têm produzido inkjets com alguns acessórios interessantes: maior capacidade de memória, bandejas de alimentação adicionais, conectividade de rede (wireless ou não), gerenciamento de papel e de tinta, displays maiores e sensíveis ao toque, entre outros.

Já os modelos a laser normalmente trazem mais recursos. Os equipamentos considerados de ponta (high-end) são destinados a grandes empresas. Eles têm bandejas de alimentação para mais de mil folhas A4, memória expansível para 128 MB, disco rígido, software de gerenciamento, proteção por senha, portas USB para impressão diretamente do pen drive, etc.

Vai uma multifuncional aí? 

Os equipamentos que combinam impressora, copiadora, scanner e, algumas vezes, funcionalidades de fax, em um único dispositivo já tiveram mais em voga. São uma solução atrativa para uso pessoal e pequenos escritórios, para quem tem pouco espaço. Mas pode ser um problema. Se o scanner pifar e tiver de ir para o conserto, você vai ficar também sem a impressora.

Os modelos de uso profissional possuem alimentador automático de documentos para propiciar digitalização de várias páginas de maneira mais rápida, recurso de fax e conexão em rede (WiFi ou Ethernet). Alguns modelos oferecem leitores de cartão de memória.

Eles podem utilizar a tecnologia a jato de tinta ou a laser. Enquanto as primeiras atendem tanto às necessidades domésticas quanto às de um pequeno escritório, os modelos a laser são mais adequados para o trabalho em grupo.

Indicação Pessoal: HP 4660

O multifuncional HP Officejet J4660 com recursos de impressora, fax, scanner e copiadora foi projetado para usuários de microempresas/escritórios em casa que precisem de um dispositivo confiável e com preço acessível que ofereça cores profissionais, baixo custo por página e a praticidade de um telefone embutido. Confira!

http://www.mouser.com.br/product.aspx?idproduct=IMHP4660&idDept=1010504

Qual a melhor tipo de impressora para imprimir fotos? 

Se a idéia é imprimir fotos de dimensões reduzidas (10 centímetros x 15 cm, por exemplo), considere uma impressora de foto (snapshot printer), que trabalha com tecnologia inkjet, tem dimensão reduzida, cabe em qualquer lugar e pode ser transportada facilmente.

Imprimir fotos de tamanho maior, bem como documentos que mesclem texto e imagens em cor, vai exigir uma impressora a jato de tinta convencional.  Veja, abaixo, uma estimativa entre a resolução da imagem digital (em megapixels)  e o tamanho da fotografia impressa (em centímetros)que se pode obter com qualidade:

  • 2 MP   = 10 cm x 15 cm
  • 3 MP   = 13 cm x 18 cm
  • 6 MP   = 15 cm x 21 cm
  • 10 MP =18 cm x 24 cm
  • 12 MP = 20 cm x 25 cm

Modelos de impressoras com quatro ou mais cores de tinta geralmente produzem resultados melhores. Para um ótimo resultado em fotos preto e branco, procure por um modelo de impressora que ofereça diversos graus de impressão em cinza e preto.

A maioria das laser coloridas produz fotos de boa qualidade para diversos usos. Os modelos atuais aceitam papel glossy que resulta em imagens ainda mais próximas de uma fotografia convencional.

Porém, comparadas aos modelos a jato de tinta, essas impressoras ainda perdem nos quesitos resolução e cores realísticas.

Impressoras a jato de tinta

Indiscutivelmente, são as impressoras mais lentas do mercado, mas também os modelos mais baratos e seu funcionamento são muito simples. À medida que a página avança através da impressora, diminutos orifícios localizados na cabeça de impressão permitem jatos de tinta sobre a superfície do papel.

A maior parte das inkjets pode imprimir até com resolução até 4.800 x 1.200 pontos por polegada (dpi, da sigla em ingês), adequados para impressão de gráficos com alta qualidade, bem como fotografias. Quanto mais dpi, melhor o resultado.  São equipamentos desenhados para atender as necessidades de usuários domésticos e impressão de baixos volumes.

Mas não de deixe levar apenas pelos números fornecidos na especificação do equipamento, dados pelo fabricante. A melhor maneira de avaliar essa característica é ver o resultado impresso.

Inkjets mais caras não significam necessariamente mais qualidade no resultado final. O preço real deste equipamento deve levar em conta o valor da impressora propriamente dita e considerar, também, o custo dos cartuchos de impressão.

Muitos usuários compram este tipo de impressora por conta do baixo valor de aquisição. Mas uma impressora barata (por exemplo, um modelo comercializado por 180 reais) pode não compensar se os cartuchos forem caros demais – para a impressora em questão, o cartucho em preto custa 55 reais, e o colorido, 65 reais.

Ter que colocar papel na impressora freqüentemente não é nada produtivo e a maior parte dos modelos a jato de tinta mais baratos permitem um máximo de 100 folhas avulsas no alimentador.

Considere também a capacidade do cartucho e a necessidade regular de alternar por cartuchos especiais, se a demanda pela impressão de gráficos e fotos for grande.

Adicionalmente – mas não imperativo, considere a possibilidade de imprimir diretamente da câmera digital, via porta USB, ou impressoras que possuem leitores de cartão de memória são características interessantes.

Indicação Pessoal: HP D1660

http://www.mouser.com.br/product.aspx?idproduct=IMHPD1660&idDept=1010501

Impressora básica para trabalhos de rotina, com a confiança da HP, Impressão de até 20 ppm em preto-e-branco, até 16 ppm em cores. O design simples fornece apenas as funções necessárias pelas quais você está disposto a pagar. Imprima com segurança tenha a confiança e o desempenho da HP a um ótimo preço.

 

Laser monocromáticas

Esse tipo de impressora é o que oferece a melhor relação entre preço, qualidade e velocidade de impressão, sendo adequada tanto para usuários domésticos como aplicações comerciais.

Com modelos a partir de 225,56 reais, estes equipamentos ganharam força nos últimos meses, tornando-se uma alternativa mais do que viável às impressoras a jato de tinta, apesar de que o preço do toner pode assustar. Tenha em mente, porém, que o toner rende mais páginas impressas do que um cartucho de tinta.

Na hora de escolher o sem modelo, considere a velocidade de impressão para textos. O número fornecido pelo fabricante se refere ao tempo que o periférico leva para imprimir uma página completa e as velocidades variam – de acordo com testes realizados no PC WORLD Teste Center (EUA) – de 11 a 21,6 páginas por minuto (ppm).

Em linhas gerais, a qualidade da impressão de texto nos dois tipos de impressoras a laser (monocromática e colorida) costuma sem parecido, permitindo textos claros e gráficos em escala de cinza de boa qualidade.

A quantidade de memória interna e sua capacidade de armazenar fontes True Type internamente ajudam na hora de imprimir mais rapidamente. Adicionalmente, leve em conta as capacidades de conectividade – portas USB, paralela, acesso sem fio, placa de rede, porta infravermelha, e também a possibilidade de adicionar alimentadores extras de papel.

Indicação Pessoal: Samsung ML 1665

http://www.mouser.com.br/product.aspx?idproduct=IMSSML1665&idDept=1010502

A Samsung apresenta uma impressora laser ultrapequena com excelente conveniência, a ML-1665. Com seu design ultracompacto e elegante, há espaco para essa pequena maravilha em qualquer lugar. Recursos inteligentes incorporados como a impressão com um toque tornam a ML-1665 inteligentes e fácil de operar. O baixo nível de ruido, a rápida velocidade de impressão e o botão de economia de energia da ML-1665 garantem máxima conveniência.

Laser colorida

Essas impressoras foram projetadas para escritórios que necessitam de trabalhos impressos em cor e também em volume. Elas  ainda custam mais caro, porém, como os modelos monocromáticos, o preço já apresenta tendência de queda. Nos testes que realizamos, verificamos que a velocidade de impressão de documentos em cor dos modelos mais comuns varia entre 1,7 e 5,5 ppm, bem abaixo das 22 ppm informadad por alguns fabricantes.  No caso de impressão de textos, a velocidade sobe para uma faixa que varia entre 11,6 e 26,3 ppm. Ambas as tecnologias – monocromáticas ou coloridas – resultam em textos impressos com qualidade.

Em geral, impressoras a laser coloridas vêm com duas resoluções-padrão: 2.400 x 1.200 dpi ou 2.400 x 600 dpi. Mesmo os modelos que apresentam resolução mais baixa são capazes de produzir resultados aceitáveis em escalas de cinza para gráficos e textos bem definidos.

Indicação Pessoal: Brother MFC 9320CW

http://www.mouser.com.br/product.aspx?idproduct=IMBTMFC9320CW&idDept=1010505

A MFC-9320CW é compacta e, sendo uma multifuncional colorida, faz impressões, cópias, digitalizações e envia e recebe fax coloridos de excelente qualidade além de possuir conectividade wireless e ethernet. Possui velocidade de 17ppm, tanto para color e mono, resolução de até 600×2400 dpi usando a tecnologia LED Digital Brother, e oferece bandeja de 250 folhas. A entrada USB frontal possibilita impressão e/ou digitalização do pen drive para a impressora ou vice-versa. A MFC-9320CW possui alimentador automático para 35 folhas, que pode ser utilizado para cópia, digitalização ou fax de maneira fácil e rápida.

Cartucho de tinta

Apesar de as impressoras a jato de tinta serem baratas, o custo do cartucho tende a elevar o preço total do equipamento. Verifique o preço dos cartuchos e quantas páginas ele pode imprimir. Calcule o custo por página impressa dividindo o preço do cartucho pelo número de páginas que ele pode imprimir.

Se você utiliza com mais freqüência alguma cor específica, considere modelos de impressora que trabalhem com cartuchos com cores separadas. Isso permitirá substituir apenas o cartucho da cor que for consumida.

Pode-se economizar um bom dinheiro adquirindo cartuchos produzidos por empresas que não a própria fabricante da impressora (ainda que estes recomendem não fazer isso) – vale optar por marcas mais conhecidas, sem perda significativa da qualidade de impressão.

Toner

Vários fabricantes  oferecem descontos na compra de um toner novo caso o usuário devolvo o cartucho do toner usado para reciclagem. Leve em conta que, além de economizar, você estará colaborando com o meio ambiente.

Pode-se economizar também comprando cartuchos de alta capacidade, o que pode resultar em um desembolso maior no momento da compra, mas que se paga no valor final do custo por página impressa. Pesquise e veja o que é melhor para o seu bolso.

Impressão do fotos

A maior parte das inkjets pode imprimir fotos com uma qualidade muito próxima da obtida em laboratórios profissionais, embora isso possa consumir um volume de tinta razoável.  Se o usuário pretende imprimir muitas fotos, procure um modelo a jato de tinta especializado neste tipo de impressão e que tragam opcionais como leitores de cartão de memória ou que possam imprimir diretamente da câmera, dispensando o PC. Alguns modelos vêm com um visor LCD para visualizar a imagem antes de imprimir. Outros oferecem até software básico de edição de imagem – vale a pena pesquisar.

Fonte: http://pcworld.uol.com.br/dicas/2007/06/19/idgnoticia.2007-06-19.3004728878/

468 ad

Comments are closed.